A importância da renda fixa em momentos de crise

Quando há um ciclo de cortes na taxa de juros básica de um país, é normal que investidores migrem pra renda variável para buscar retornos mais atrativos. Entretanto, ouçam o que Nassim Taleb, um grande financista chama de “Black Swan”, (cisne negro), tem a dizer.

Um evento totalmente imprevisível acontece e toma conta do momento. Os investidores entram em pânico e tendem a vender seus ativos financeiros para conseguir obter menos prejuízos com o mercado em queda.

E o pior é que esse evento tem consequência direta na economia real com seu lockdown (bloqueio) travando quase toda a atividade produtiva nos países deixando resultados negativos em todos os PIBs mundo a fora.

Então como fazer para proteger seus investimentos dessa pandemia ?

RENDA FIXA : Ativos com rentabilidades pré-determinadas na hora da compra desse investimento.

Uma alternativa para esse cenário são as famosas RF, ativos conservadores que não expõem o capital investido em papeis voláteis e sim em uma estabilidade e segurança.

Os CDBs ( certificado de deposito bancário) são uma ótima opção pois eles tem por trás uma instituição forte e muito bem estabelecida no mercado financeiro que são as figuras dos bancos. Ex : ninguém acha que o Itaú vai quebrar esse mês ou mês que vem.

Esse investimento funciona da seguinte forma : você empresta o seu dinheiro para o banco emprestar para outra pessoa na forma de empréstimo, simples assim. Aí no final disso eles pagam uma taxa que foi acordada na hora da compra desse papel.

Os CDBs tem uma segurança que é muito importante o investidor ter ciência dela que é o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que é a garantia de que mesmo que o
banco vá a falência você pode receber seu dinheiro de volta no valor de até 250 mil reais. Ótimo, né?

Confira as taxas de rentabilidades desses investimentos que podem ter retornos maiores que a taxa básica de juros conforme o tempo de duração da aplicação (quanto maior for o tempo, maior a rentabilidade).

Outra alternativa seria a famosa NTN-B que é um título que é emitido pelo governo brasileiro que paga juros + a variação da inflação. Esse é um dos investimentos que mais atende a essa necessidade de proteção, pois é o único que mantém o seu poder de compra no tempo.

Esse investimento funciona da seguinte forma: você empresta dinheiro para o governo brasileiro financiar suas atividades que cresceram muito durante essa pandemia e em troca recebe juros e seu dinheiro corrigido pela inflação anual. Maravilha, né?

Fique atento ao imposto de renda com esses dois investimentos que depois de 720 dias do dinheiro aplicado, sofrem a menor aliquota possível de 15%

Conforme o boletim focus dessa segunda feira (14) que é o relatorio das médias de mercado para os indices da economia brasileira, há uma tendencia de valorização na taxa Selic no longo prazo para poder fazer frente a expansão fiscal nesse momento, então com esses dois investimentos citados, a longo prazo pode te trazer retornos interessantes em meio a um cenário de caos.

6 comentários sobre “A importância da renda fixa em momentos de crise

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s